Fechar

Faça seu Login

Esqueci minha senha Cadastrar

Não tem conta?

Fechar

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo! Enviaremos sua senha sem seu email. Importante verificar a caixa de spam.

Enviar

Siga-nos

Massagistastop - Drenagem Linfática

Gânglios Linfáticos tiveram especial atenção primeiramente no ano de 400 a.C, quando hipócrates descobre descobre esse sistema por meio de dissecações. Nós sabemos que nos dias de hoje a Drenam Linfática é uma das terapias complementares mais adoradas e procuradas pelas brasileiras justamente por causa de seus benefícios e resultados em curto e longo prazo, tanto estéticamente falando, como em questões relacionadas à saúde e qualidade de vida. Nesse artigo, iremos abordaremos um pouco sobre a história e origem da drenagem linfática e como a técnica chegou ao Brasil. Confira!

Como surgiu a Drenagem Linfática - Embora Hipócrates, reconhecido como o pai da medicina, tenha notado a existência do sistema linfático no ano 400 a.C, somente bem depois foi que Gaspar Asseli, pode confirmar tal observação de forma científica desenvolvendo seus estudos por meio da observação de veias em animais. No anos de 1650, um médico francês começou a se dedicar ao estudo do conduto linfático, descobrindo um sistema situado perto do umbigo humano, no lado esquerdo do abdome. Seu nome era Pecquet e este sistema foi nomeado (batizado) em sua honra. Outro anatomista que ajudou muito para o desenvolvimento da linfografia foi Bartholin e Rudbeek, estes consolidaram a noção que temos hoje sobre o sistema linfático. 

Em 1890 a drenagem linfática manual ficou conhecida como a massagem para o escoamento de líquidos excedentes, que geravam inchaço e edemas, mas só começou a ser usada no ano de 1935 na Europa. Dr Emil Vodder e sua esposa Estrid, cuidavam de pacientes acometidas por gripes e sinusites, estimulando as linfas presentes em seus pescoços. Percebendo os ótimos resultados obtidos por meio desse procedimento, o casal acabou criando um método mais eficiente que até hoje é usado por massoterapeutas de todo mundo e recomendado por cirurgiões e especialistas.

A Drenagem linfática em nosso país - No Brasil, a divulgação da técnica aconteceu por meio de Waldtraud Ritter Winter, ex aluna do Dr. Vodder. Inicialmente a técnica era usada somente para fins estéticos, como meio de combater a obesidade reduzindo medidas corporais, mas hoje em dia já é recomendada para tratar outros tipos de problemas como o inchaço na gestação e pós-parto, retenção de líquido, TPM, pós-cirurgias plásticas, dores e cansaço extremo. 

Que profissional deve fazer a Drenagem Linfática - A drenagem linfática como conhecida hoje deve ser feita por profissionais competentes para que os gânglios linfáticos não sofram nenhum dano por falta de conhecimento técnico, ou da anatomia do corpo. Desta maneira o paciente terá resultados mais satisfatórios. Profissionais responsáveis pelos atendimentos devem ser os que tem formação em primeiro lugar, mas que tenham conhecimentos suficientes sobre o funcionamento do corpo humano. Dentre estes, destacamos os massoterapeutas, fisioterapeutas e esteticistas.

Não deixe também de ler nosso outro e interessante artigo sobre - Massagem Russa - http://massagistastop.com.br/artigo/255985023/massagistastop massagem russa.html