Fechar

Faça seu Login

Esqueci minha senha Cadastrar

Não tem conta?

Fechar

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo! Enviaremos sua senha sem seu email. Importante verificar a caixa de spam.

Enviar

Siga-nos

Massagistas - Como anda o mercado de trabalho

O atual artigo é direcionado para quem quer iniciar uma carreira profissional na área de massagem ou massoterapia. Por isso, tentamos responder aquilo que um novo empreendedor pergunta antes de iniciar uma nova atividade: Existe mercado para essa área? Quanto eu posso ganhar com isso? Será que preciso fazer um curso?

massagistas-mercado de trabalho

Massagistas - Mercado está em alta

Através de pesquisas nota-se que o Mercado no Brasil para massagistas está relativamente crescendo. Por um tempo, pessoas se trataram com o chamado tratamentos complementares e ou alternativos: massagem com ervas, aromas, cristais, acupuntura dentre outras. Através dessas pesquisas, 30% da população do mundo se trata com terapias holísticas. A massagem é a maior destas terapias. Se projetarmos este índice de 30% da população brasileira, chegamos a 30 milhões de possíveis clientes no país. Provavel que seja muito mais do que isso. As pesquisas de massagem no Google estão crescendo desde 2007, chegando a mais de 150 mil pessoas mês.

A massagem em nosso país, também está obtendo mercado como um tratamento bem mais respeitado, principalmente devido às grandes empresas que contratam massagistas para atender seus funcionários. Nos callcenters, aeroportos, shoppings, você encontra cadeiras de massagem. Daí, o conceito de que a massagem está chegando forte para as pessoas que estão se acostumando com a idéia de que uma massagem pode ser além de relaxante, também terapêutica. A fama de que massagem está ligada ao erotismo está aos poucos se perdendo. Uma grande vantagem para quem está entrando agora nesse mercado.

O Brasil, cada vez mais internacionaliado por causa de empresas e estrangeiros no país, faz com que a massagem se cresça bastante ainda sendo que, nos Estados Unidos e na Europa ocidental, a massagem é uma forma de tratamento bastante respeitado e divulgado, realizada com segurança e com muito profissionalismo. Pesquisas mostram que nos EUA o número de atendimentos com algum tipo de tratamento alternativo é maior do que os atendimentos em hospitais. 

Massagistas - Como entrar nesse mercado? 

 

  1. Escolha o seu público. O grande erro de marketing das massagistas é a falta de foco, o terapeuta desconhece qual é o seu real público alvo.
  2. Busque saber qual é o seu público alvo. Os clientes dos Spas e os Atletas procuram atendimentos diferentes. A grávida, um outro tipo de tratamento, e por ai vai.
  3. Pense no que pode oferece para o seu público alvo. De que maneira posso aliviar a tensão em uma mulher grávida, ou como posso melhorar o desempenho de um atleta.
  4. Vá até o seu público alvo. 
  5. Faça promoções ou atenda a primeira vez de graça por exemplo.
  6. Crie um cartão de visitas, mesmo que simples, entregue para possíveis clientes e não para qualquer um, foque no seu público alvo.
  7. Crie um valor para a sua massagem em relação ao seu público alvor.
  8. Acredite no seu potencial, é muito raro que o cliente não goste de massagem.
  9. Força de vonta é tudo. Não desanime se você quer ser uma massagista. Tudo sempre é possível. Mas nada vai cair do céu. Dedique um tempo para divulgação.
  10. Qualidade, trabalhe da melhor forma que você poder. Um cliente feliz vai falar para todo mundo sobre seu trabalho, e ele voltará certamente um dia. A massagista costuma ter clientes fiéis, porque é um trabalho que exige confiança. Uma vez que tenha a confiança, o cliente não te troca muito facilmente.
Salário
Um pouco difícil saber. Não existem padrões, a grande maioria das massagistas são autônomas, o que rege o salário vai ser a sua clientela. Uma massagista registrada numa empresa sob o regime de CLT ganha entre R$3000,00 e R$9000,00 dependendo da função que exerce no local, horas de trabalho, porcentagem nas vendas e o tamanho da empresa. Uma massagista autônoma costuma cobrar entre R$250,00 e R$400,00 por uma sessão de 1h. Se você atende 4 pessoas por dia, 6 dias por semana, e cobra R$300,00, você ganhará um excelente salário mensal. Mas lembre-se de que você precisa batalhar um pouco para ter clientes suficientes para encher a semana.
Massagistas e seus potenciais clientes

Classes A e B normalmente gastam com terapias alternativas. Aqui no Brasil, o poder aquisitivo está crescendo cada vez mais. Isso significa, mais pessoas vão ter acesso às terapias alternativas. Temos que lembrar que a massagem é uma terapia auxiliar e complementar a medicina tradicional. A massagista não é uma médica e por isso, não pode prescrever remédios ou fazer diagnósticos para doenças sérias. Pode auxiliar nos tratamentos medicinais tradicionais para obter uma cura ou uma recuperação mais rápida.

Massagistas devem atender onde?

A grande maioria das massagistas autônomos atendem num local próprio, visitando o cliente muitas vezes. O local pode até ser pequeno, basta caber uma maca tendo espaço para conseguir andar em volta da mesma, mais ou menos 10m2 é o bastante. Existem profissionais que alugam salas pagando por hora. Isto ajuda a diminuir os gastos iniciais. Você só paga o aluguel quando está atendendo. Um certeo cuidado deve ser tomado quando o atendimento for feito no seu local. Pense sobre quem você quer que entre em seu local. Comece com amigos e conhecidos, eles vão indicar pessoas que eles conhecem, assim sendo, fica mais seguro. Caso tenha um tatame ou uma maca dobrável, você pode atender os clientes no trabalho ou em sua casas. O bom é que não precisa pagar aluguel. A desvantagem é a perda de tempo no trânsito. Lembre-se que pode, se quiser, embutir o transporte e o tempo perdido da viagem, no valor cobrado do cliente. 

O que é necessário para ser uma Massagista?

Inicialmente, você precisa querer ser uma massagista!!!! gostar de trabalhar com as pessoas. Antes de iniciar, mesmo que a massagem seja considerada um tratamento de exercício livre, você precisa fazer algum tipo de curso. Pode iniciar com um básico, até para sentir se você gosta realmente deste trabalho ou não. Procurar uma boa escola, conhecer o local antes do curso, etc etc. Inicie com algo fácil, exemplo, massagem relaxante. Depois comece a fazer alguns cursos de especialização. Aprenda técnicas de massagem,  existem dezenas de tipos. As mais famosas são: massagem clássica, shiatsu e ayurvédica. Você também pode optar em fazer um curso técnico, de mais de 1.200 horas. Neste curso, você aprende uma variedade de técnicas de massagem, mas você não precisa começar com um curso longo assim. Planeje o seu futuro como uma profissional massagista antes de fazer os cursos. Não adianta fazer um curso de Spa se você pretende atender num time de futebol. No início não gaste com equipamentos. O básico para iniciar é o ideal. Você acha macas boas de massagem entre R$500,00 e R$1500,00. Estude,bastante, leia artigos e apostilas que falem sobre as diferentes técnicas de massagem, pesquise na internet, há vários sites e blogs que têm material muito bom.

Finalmenet, lembre-se que você vai ingressar em uma área que é chamada de terapias complementares, o que significa, que trabalha ao lado da área da saúde. Você não vai ser médico, não vai poder diagnosticar ou tratar doenças graves nem receitar medicamentos. Você vai trabalhar com pessoas saudáveis que querem diminuir o estresse do dia a dia ou aliviar dores na musculatura. A massagem é um trabalho muito legal de se fazer. Muitas vezes as pessoas entram com dor no seu consultório e saem de bem com a vida. É um trabalho muito gratificante, que age como tratamento preventivo e curativo. A massagem existe há mais de 5.000 anos e ainda está em alta no mercado!

- massagem - massagista sp - massagistas sp - massagem erótica - massagem relaxante - portal das massagistas - clínicas de massagem -