Fechar

Faça seu Login

Esqueci minha senha Cadastrar

Não tem conta?

Fechar

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo! Enviaremos sua senha sem seu email. Importante verificar a caixa de spam.

Enviar

Siga-nos

Massagistas - Massoterapeuta recém formado

Conheça aqui as cinco dificuldades mais comuns de um Massoterapeuta que acabou de ser formar - Sabemos que a prática da massoterapia é uma benção para poucas pessoas! Certo? São meses e meses, as vezes anos conciliando trabalho fixo com os estudos para um dia nos tornarmos um massoterapeuta.  Para muitas pessoas é o final de um ciclo, no entanto, na verdade, este é só o começo de uma longa jornada para quem deseja ser um massoterapeuta com sucesso. Neste artigo destacamos, as cinco dificuldades mais comuns de um massoterapeuta que acaba de se formar. Veja aqui!

1-) Medo de trocar o trabalho fixo por um agora autônomo - Vários brasileiros gastam vários anos estudando na intenção de conseguirem bons empregos em grandes empresas. Quando uma pessoa se arrisca ao empreendedorismo ou atuação autônoma, acaba sofrendo uma pressão grande dos familiares e até mesmo certa insegurança se realmente vale a pena se jogar de cabeça em algo na qual não se tem nenhum conhecimento. Para os massoterapeutas que acabaram de se formar, esta é uma das primeiras dificuldades, pois existe uma sensação de se ter um trabalho fixo e derrepente abandoná-lo, causando uma certa desconfiança, o que é bastante normal, podemos dizer assim.

2-) De que forma iniciar suas atividades como Massoterapeuta - Uma questão bastante comum dos estudantes de massoterapia seria em qual setor atuar. Essa é uma questão até que positiva, pois a massoterapia possui vários campos de trabalho, e é preciso conhece-las para você poder se identificar com alguma delas e se especializar no segmento. 

3-) Qual o valor a ser cobrado num atendimento - Trabalhar em eventos de Massagem Rápida é uma excelente chance para conhecer outros profissionais com mais experiência na área, praticando técnicas de massagem aprendidas durante o curso, além de já começar uma experiência boa com o toque. Trabalhar nestes eventos pode trazer até uma boa renda, no entanto, esta não deve ser sua única fonte de renda, por que nesses eventos o desgaste físico é grande, o que prejudica sua vida útil como massoterapeuta. Ter alguns clientes particulares lhe dá maior liberdade de administrar seu tempo além de ser bem mais rentável do que trabalhar em eventos. Porém para o massoterapeuta recém-formado aparece a dúvida: Quanto devo cobrar pelo atendimento?  Identificar seu público alvo é o primeiro item que o Massoterapeuta que acaba de ser formar precisa saber para poder saber quanto cobrar pelo seu trabalho.

4-) Dificuldades na administração do tempo para poder se atualizar - Como já falamos no começo do artigo, está tremendamente enganado quem imagina que ao terminar o curso de massoterapia já se está totalmente apto para trabalhar na área. O corpo é bastante complexo e nossa profissão exigeestudo constante, especialmente para melhorarmos nossos conhecimentos em anatomia, fisiologia, etc. Por trabalhar em eventos de massagem ou com atendimentos autônomos, o desgaste com a locomoção entre um cliente e outro, desestimula o profissional de continuar estudando. O profissional que procura destaque no mercado de trabalho precisa estar sempre se atualizando com cursos de aperfeiçoamentos além de reciclagens constantes.

5-) Montar um espaço próprio ou continuar com eventos e atendimentos particulares? - Uma das grandes e principais dúvidas do massoterapeuta recém-formado. Atuar em eventos de massagem é uma forma fácil de entrar no mercado de trabalho da massoterapia. A atividade que pode gerar uma boa renda, porém o desgaste físico é grande, ressaltado pelos profissionais experientes. Já o atendimento particular é uma das atuações mais rentáveis para o Massoterapeuta, no entanto, identificar quem é seu público alvo, quanto cobrar e ter uma boa gestão do temmpo são as principais preocupações dos profissionais. Optando em abrir seu próprio espaço para atendimentos de massagem, o massoterapeuta adquiri certas responsabilidades nas quais necessita saber para uma gestão segura do negócio. Estas são: Impostos, custos fixos, custos variáveis, finanças, planejamento de marketing, entre outros.

Considerações finais - Mostramos aqui as 5 dificuldades mais comuns de massoterapeutas recém-formados ressaltando para todos aqueles que estão se formando que, o diploma é o primeiro passo para começar a carreira de massoterapeuta e ser um bom profissional. A massoterapia requer estudos constantes e aperfeiçoamentos, além de contato com outros profissionais da área para discussões de casos clínicos e troca de experiências. Com muita força de vontade, humildade e estudo, estas 5 dificuldades mostradas no artigo serão tranquilamente superadas e lhe servirão como base para uma excelente carreira como massoterapeuta. 

Não deixe também de ler nosso outro e interessante artigo sobre - Massagem no Ambiente de Trabalho: http://massagistastop.com.br/artigo/298793183/massagistastop massagem no trabalho.html