Fechar

Faça seu Login

Esqueci minha senha Cadastrar

Não tem conta?

Fechar

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo! Enviaremos sua senha sem seu email. Importante verificar a caixa de spam.

Enviar

Siga-nos

Massagistas - Massagem - Medicina Desportiva

O que é a Medicina Desportiva?

Várias equipes de esporte possuem massagistas para atender seus atletas. Atender esses atletas nos consultórios com hora marcada é uma coisa, mas atender in loco é bastante diferente. Pessoas questionam o que um massagista pode ou não pode fazer na área do esporte. Vamos explicar. É bom Lembrar que problemas fora do seu conhecimento devem ser levados a um médico especialista. As pessoas quem trabalham com esporte in loco devem saber o que fazer se alguém se machucar, algo bem comum no esporte. Não é nada comum uma pessoa se lesionar dentro de um consultório de massagem. Porém, o que fazer se alguém desmaiar, por exemplo?

Massagem não devem ser feitas em Sangramentos

Isso parece bem óbvio, certo? É básico não fazer massagem em sangramentos externos, exemplo: quando você se corta com uma lâmina (faca) de cozinha. A massagem estimula a circulação sangrínea e aumentar o sangramento. O certo é aplicar uma atadura. Pois então. E sangramentos internos que você não consegue ver? Um atleta levando uma joelhada na coxa pode sangrar lá dentro no músculo. Esse tipo de sangramento pode virar um hematoma no dia seguinte. O certo aqui também é aplicar uma atadura. E a massagem, pode se feita quando? Num geral é regra fazer a massagem só 48 horas após a lesão. Devemos ter certeza  que não existe mais sangrando. Na maioria das casos é bom fazer massagens de leve para retirar o hematoma que aparece nos próximas dias da lesão. A regra é sempre de 48 horas.

Lesões e machucados que devem ser encaminhados para um Médico

Lista de lesões no esporte que devem ser levadas ao médico: 

  • Problemas respiratórios
  • Lesões de pescoço
  • Dores no abdomem
  • Urina com sangue
  • Fraturas
  • Luxações
  • Feridas mais profundas
  • Rompimentos mais graves
  • Machucados nos olhos
  • Diagnósticos incertos
  • Dores mais fortes e problemas que subsistem após 1-2 dias

Estados Graves e traumatismos Cranianos

Certos ferimentos, tornam-se um perigo de vida. Nessas situações, os primeiros cuidados devem ser tomados seguindo outros princípios. É preciso conhecer algumas regras: A primeira é de contatar um médico quando houver traumatismo craniano. A segunda é de não mover a pessoa se houver suspeita de fraturas no pescoço, só se for realmente preciso. Em certos casos mais sérios, porém, deve-se dar prioridade á outras medidas, por exemplo, quando há parada respiratória ou inconsciência. Massagistas de esporte devem fazer cursos de primeiros-socorros (isso é bem importante). Um médico responsável num evento esportivo sempre é muito importante. - massagistas sp - massagistas - massagem - portal das massagistas - massagistas relax - guia de massagem - massagem erótica - guia das massagistas - massagem shiatsu - sp massagistas - 

Caso de Inconsciência

Ela é dividida em três fases. A vítima de um acidente que lembra do mesmo, nunca esteve realmente inconsciente, pois apenas poucos instantes de inconsciência são suficientes para a perda de memória sobre o acidente. A outra fase é quando a inconsciência dura muitos minutos. A última é quando a inconsciência leva mais que cinco minutos, considerado já bem sério. Em todos os casos é importante levar o indivíduo para o hospital para exames. É importante saber se houve algum tipo de sangramento interno na cabeça. 

Caso de Fratura Óssea

Existem alguns tipos de fraturas ósseas: Fragmentos ósseos cortantes podem causar danos nos tecidos, vasos, e nervos em volta, gerando hemorragias graves. Fraturas expostas devem ser cobertas com curativos limpos. Uma atadura leve deve ser colocada ao redor da ferida, o que diminui o inchaço e torma mais fácil o exame médico. Chame uma ambulância, e enquanto isso cuide da pessoa durante a espera do socorro pois ela poderá sofrer deficiência circulatória. Se for muito longe da ajuda médica, pode-se tentar imobilizar a fratura com uma tala ou parte corporal. As talas deverão ter comprimento suficiente para ultrapassar as juntas acima e abaixo da fratura. O pós-tratamento ao se retirar o gesso é um programa de exercícios que inclui testes de movimentos e força. Massagem e alongamentos são também bons métodos de tratamento depois que o atleta retirar o gesso.

Resumindo, a massagem quase sempre faz bem

Agora, o que realmente a massagista pode fazer? Quase de tudo. Dores nos músculos pós treino ou recuperação muscular são feitas através da massagem. Muitas vezes você faz massagem para estimular o corpo antes de uma atividade para melhorar o desenvoltura do atleta. A massagem também é usada para diminuir riscos de danos nos tecidos moles.

- massagem - sp massagistas - massagistas sp - portal das massagistas - guia de massagem - massagem erótica - massagem sensual - portal vila mariana - guia das massagistas - massagem tântrica -