Fechar

Faça seu Login

Esqueci minha senha Cadastrar

Não tem conta?

Fechar

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo! Enviaremos sua senha sem seu email. Importante verificar a caixa de spam.

Enviar

Siga-nos

Massagem Anmá

O que então a Anmá - Na lingua japonêsa, a palavra “An” quer dizer “apertar” e “” quer significa “esfregar”. Esta técnica de massagem é uma das técnicas mais antigas de massagens de origem oriental. Seu foco é gerar equilíbrio fisiológico do corpo (homeostase), aliviando dores e acelerando o reequilíbrio energético.

Características da Massagem - A característica principal da massagem Anmá é que não se faz uso de qualquer tipo de óleo ou creme. Então, o terapeuta usa os dedos, braços e mãos como recursos para práticar a técnica.

Benefícios da Massagem Anmá - De mesma forma que em todas as massagens, o Anmá segue os princípios e conceitos de saúde da Organização Mundial da Saúde.

Benefícios físicos: Relaxa todo corpo, alivia as dores, o desgaste muscular, diminui dores musculares, fortalece o sistema imunológico.

Benefícios mentais: Nos proporciona relaxamento mental, concentração, alívio do estresse mental, entre outros.

Benefícios sociais: Diminui a ansiedade, aumenta a sensação de bem estar e auto estima, alivia o estresse emocional, entre outros.

Onde surgiu a Massagem Anmá - Digamos que é praticamente impossível definirmos com precisão a origem do Anmá. Temos relatos que foram inspirados na Medicina Chinesa e foram desenvolvidos há mais de 3000 anos na China, porém, mais divulgadas pelos terapeutas japoneses.

Contraindicações da Anmá - Como acontece com toda massagem, existem cuidados que devem ser considerados na hora de fazer ou receber a técnica. Essa massagem não é recomendada nos seguintes casos:

  • Infecções na pele
  • Doenças contagiosas
  • Intoxicações por álcool ou drogas
  • Cirurgias ou fraturas recentes
  • Qualquer tipo de câncer
  • Gestantes até o quarto mês

Conclusão - Depois de descobrirmos o que é realmente a Massagem Anmá, espero que com esse artigo, você possa sentir mais vontade de começar a desfrutar dos benefícios que essa massagem pode lhe oferecer. Para o terapeuta, é de extrema importância saber se o cliente está a vontade. Caso contrário, que tal oferecer esta técnica para quebrar paradigmas? m

Não deixe também de ler nosso outro e interessante artigo sobre Massagem Shiatsu: http://massagistastop.com.br/artigo/913765089/massagem shiatsu.html